PSP apreende ouro furtado no valor de 2500 euros

Os coautores do crime, um homem de 25 anos e uma mulher de 29 foram constituídos arguidos tendo-lhes sido aplicada a prestação de termo de identidade e residência.

 

O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira, no decurso de uma investigação ocorrida no concelho do Funchal, relacionada com um furto numa residência, identificou um casal, ambos de nacionalidade portuguesa e residentes no concelho do Funchal, como coautores do furto.

O elemento feminino, com 29 anos de idade, aproveitando a situação privilegiada de acesso a todos os compartimentos da residência, local onde exercia a sua atividade profissional como emprega de limpeza, para se apropriar de diversos bens, nomeadamente artigos em ouro, os quais, eram transacionados pelo casal, especialmente o indivíduo do sexo masculino, com 25 anos de idade, em lojas de compra de metais preciosos na cidade do Funchal.

Assim, a possível à PSP, proceder à apreensão de diversos artigos em ouro e um relógio, avaliados em cerca de 2500 euros que já se encontravam depositados numa loja de compra de ouro.

O casal foi constituído arguido em processo penal, e fica a aguardar os ulteriores termos do processo mediante a prestação de termo de identidade e residência.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest