Detetive Piri-Piri investiga “O Desaparecimento da Estátua” [VÍDEO]

Trata-se de um livro da autoria de Luísa Paolinelli lançado esta tarde no Teatro Municipal Baltazar Dias.

Sendo editado pela Editora O Liberal, a obra narra a história do desaparecimento da estátua do fundador, o Ratinho Queijo da Serra. Assim, três galinhas detetives, cuja chefe é a galinha Piri-Piri, vão investigar o crime. Pelo caminho acontecem diversas peripécias que prometem encantar e prender a atenção dos leitores.

A autora destaca que, apesar do livro ser direcionado ao público infanto-juvenil, também deve ser lido pelos adultos. “O Desaparecimento da Estátua acaba por ter duas leituras. Uma delas é àquela que apela à imaginação infantil. Outra é aquela que traz algumas mensagens relacionadas com o nosso mundo atual e à nossa forma de viver”,  sublinhou.

Quanto à inspiração para o livro, Luísa Paolinelli diz que foi buscá-la “maioritariamente” do tempo em que costumava contar histórias para o seu filho adormecer.

A autora desvendou, ainda, que já tem em mente escrever uma segunda história protagonizada pela galinha detetive Piri-Piri. “Se os leitores gostarem deste primeiro conto, estou já a pensar em escrever mais um livro com outro mistério para desvendar”, transmitiu.

Luísa Antunes Paolinelli aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio da Editora O Liberal, referindo que o seu responsável está sempre recetivo em apoiar a publicação de livros de escritores da Região. “Se não fosse o senhor dr. Edgar Aguiar, possivelmente, não conseguiria editar este meu livro”, frisou.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest