Mercado automóvel em ‘forte queda’

Em Abril de 2012, pelo 16º mês consecutivo, o mercado automóvel voltou a registar uma forte contração relativamente ao mês homólogo de 2011.

No mês em análise, o mercado de ligeiros de passageiros  não foi além das 8.400 unidades, o que representou uma diminuição homóloga de 41,7 por cento.

Em termos acumulados, no primeiro quadrimestre de 2012 as vendas de automóveis ligeiros de
passageiros atingiram as 31.932 unidades, o que representou uma forte quebra de 46,8 por cento, relativamente ao período homólogo de 2011.

Quanto ao mercado de veículos comerciais ligeiros, no mês de Abril de 2012 assistiu-se a uma fortíssima queda de 63,1 por cento em relação ao mês homólogo de 2011, tendo sido vendidos apenas  1.029 veículos. A situação do mercado sofreu um agravamento como resultado do forte aumento da  carga fiscal verificado no início do corrente ano e que veio penalizar veículos inequivocamente de  trabalho.

No primeiro quadrimestre de 2012, o mercado situou-se nas 5.167 unidades, sofrendo uma queda de
55,1 por cento face ao período homólogo do ano anterior.

Por último, o mercado de veículos pesados registou em Abril de 2012 uma queda bastante acentuada,  tendo sido comercializados apenas 110 veículos, o que se traduziu num decréscimo de 69,6 por cento  face ao mês homólogo do ano anterior.

No primeiro quadrimestre de 2012 as vendas não foram além das 689 unidades, tendo-se verificado
uma queda de 51,1 por cento, relativamente ao período homólogo do ano anterior.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest