“Um Momento…Teatro Vicentino”

Dois bailinhos de Carnaval da ilha Terceira num espetáculo de teatro revista este fim-de-semana no Coliseu Micaelense.

“Rapsódia de Desabafos” e “Fado Património da Humanidade” são o mote para o espetáculo, apresentado numa co produção entre o Coliseu Micaelense e a PB Produções Musicais.

“Um momento…teatro vicentino” engloba não só a crítica social, a sátira, como também a diversidade de músicas e canções que ao longo dos anos têm acompanhado a sociedade portuguesa. Desde o fado, agora, património da humanidade, como músicas da década de sessenta e setenta, até aos dias de hoje, não esquecendo a revolução dos cravos, com Zeca Afonso e os famosos festivais da canção, com Cândida Branca Flor.

“Rapsódia de Desabafos”, da freguesia de S. Sebastião tem a duração de 35 minutos e é constituído por trinta elementos. Da autoria de Hélio Costa e música de António Mota.

Na mesma noite sobe ao palco da maior casa de espetáculos dos Açores “Fado Património da Humanidade”, com autoria de João Mendonça e Maria Ferreira. É um bailinho de São Mateus constituído por 22 elementos e com a duração de 45 minutos.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest