Madeira: região do país onde o desemprego mais subiu

Madeira foi a região do país onde o desemprego mais cresceu no primeiro trimestre de 2012. A taxa nacional é de 14,6% e na Madeira é de 16,1%.

De acordo com dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) a Madeira foi a região do país onde o desemprego mais cresceu no primeiro trimestre deste ano. Desta forma, a taxa de desemprego na Madeira no final do mês de Março foi de 16,1%, um agravamento de 2,6% face ao último trimestre de 2011. A região do Algarve e do Alentejo também registaram subidas bastante significativas no mesmo período – Algarve (2,5%) e Alentejo (2,3%). A região Centro e os Açores foram os únicos locais do país onde o desemprego diminuiu.

A nível nacional a taxa de desemprego no final do primeiro trimestre de 2012 atingiu os 14,9% cento.

A Madeira é a terceira região do país com o desemprego mais elevado, sendo ultrapassada apenas pelo Algarve 20% e por Lisboa 16,5%.

Ainda segundo dados do INE, havia no início do ano, de 2012, 4.7 milhões de pessoas empregadas em Portugal, uma redução de 4,2%, ou 203 mil trabalhadores, em relação ao início de 2011.

Esta redução no emprego justifica-se sobretudo pela diminuição no número de homens a trabalhar menos 131 mil; pela diminuição no número de jovens entre os 15 e os 34 anos empregados, menos 136 mil, e por uma redução muito forte no número de pessoas com escolaridade até 9º ano menos 276 mil.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]


PUB