Taxas moderadoras apenas para as “falsas urgências”

Este é o entendimento da Secretaria dos Assuntos Sociais sobre as taxas moderadoras.

A Secretaria Regional dos Assuntos Sociais, através de um comunicado enviado aos órgãos de comunicação social, esclarece que o decreto regulamentar que determina a aplicação de taxas moderadoras na Região Autónoma da Madeira “atinge apenas os utentes que por falsa urgência se dirigem ao serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça, tirando lugar aos doentes verdadeiramente urgentes”.

O comunicado faz questão de sublinhar que a realidade regional é bem diferente daquela que acontece no Continente, “onde o utente paga taxas moderadoras em qualquer unidade do Serviço Nacional de Saúde, seja em internamentos, urgências ou consultas, em hospitais ou centros de saúde”.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest