Enfermagem nos Açores em análise

O I Congresso de Enfermagem dos Açores decorre hoje e amanhã na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada.

Durante a sessão de abertura do I Congresso de Enfermagem dos Açores, Sofia Duarte, Diretora Regional da Saúde, revelou que, entre 2006 e 2012, a Secretaria Regional da Saúde concedeu 52 equiparações a bolseiros para a frequência em cursos de especialização e mestrados, defendendo que o Governo Regional tem apostado na formação profissional dos enfermeiros, contribuindo para o cumprimento das regras inerentes às boas práticas da profissão.

Para Sofia Duarte estes são números que traduzem a preocupação em sedimentar conhecimentos, para uma otimização dos cuidados prestados, tornando a figura do enfermeiro um pilar inigualável no Sistema Regional de Saúde, realçou a Diretora Regional da Saúde.

A governante destacou, igualmente, o papel destes profissionais enquanto formadores, participando em 39 ações formativas promovidas pela Direção Regional de Saúde, e em 56 cursos técnicos, na qualidade de formandos, iniciativas estas que tiveram lugar nos últimos seis anos.

Já a Presidente da Câmara de Ponta Delgada defendeu uma reforma imediata nos cuidados de saúde primários, para que “a comunidade tenha melhor acesso aos serviços e obtenha ganhos significativos ao nível da prevenção ou do controlo da doença”.

“Temos todos a obrigação estratégica de qualificar sempre, e cada vez mais, os agentes da prestação de serviços em todos os sectores da nossa sociedade. Especialmente no sector da saúde” – disse Berta Cabral.

Para Berta Cabral, as políticas com impacto na saúde “devem ser bem fundamentadas, percetíveis para os cidadãos nas razões, nos propósitos e nas consequências. Só assim será possível conseguir a participação de todos os interessados, dos decisores aos utentes dos serviços, passando pelos profissionais de saúde, a quem cabe naturalmente uma mediação neste processo”.

Um processo que nos Açores, referiu a autarca, “ainda carece de uma intervenção coesa e articulada, pro-ativa e cooperante”.

Organizado pela SAFE – Formação e Eventos, este congresso decorre hoje e amanhã na Universidade dos Açores e conta com a presença de enfermeiros de várias ilhas dos Açores, do continente português e do estrangeiro.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest