Bailado abre Festival de Música da Madeira

“Vamos sentir falta de tudo aquilo de que não precisamos” tem estreia marcada para as 21h30 de hoje na Casa das Mudas.

O Centro das Artes – Casa das Mudas, na Calheta, volta a ser o local de abertura do Festival de Música da Madeira, onde será apresentado, esta sexta-feira, pelas 21h30, o bailado “Vamos sentir falta de tudo aquilo de que não precisamos”, de Vera Mantero & Guests. O espetáculo será repetido amanhã, no mesmo local, às 17h00.

Neste espetáculo que abre a programação do XXXIII Festival de Música da Madeira, e que tem a duração aproximada de 1h30, para além de Vera Mantero, que assina também a direção artística, a interpretação e cocriação estão a cargo de Christophe Ives, Marcela Levi e Miguel Pereira.

Os bilhetes para este primeiro espetáculo da 33ª edição do Festival de Música da Madeira, bem como para a repetição do dia seguinte, estarão à venda duas horas antes do início do espetáculo e custam 10,00 euros o bilhete individual, sendo que para os maiores de 65 anos e os jovens até 25 anos o bilhete único por espetáculo custa 5,00 euros, enquanto a assinatura para o Festival (6 espetáculos tem um preço total de 33, 00 euros).

Constituindo-se verdadeiramente como um evento de referência que tem marcado de modo indelével a vida cultural do Funchal e da Madeira nos últimos anos e registando uma afluência de público cada vez mais crescente, o XXXIII Festival de Música da Madeira é organizado pela Secretaria Regional do Turismo e Cultura, através da Direcção Regional dos Assuntos Culturais, e integra-se no projeto-marca “Festivais Culturais da Madeira”, que abrange os outros três grandes eventos culturais anuais que se realizam na RAM, designadamente o Encontro Regional de Bandas Filarmónicas da RAM, o Festival Raízes do Atlântico e Festival de Órgão da Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest