CDU: Aumento do IVA asfixiou as empresas

As empresas fecham porque os consumidores perderam poder de compra, diz a CDU/Madeira.

O aumento do IVA e de outros impostos tem contribuído para o agravamento da situação económica de muitas empresas. Hoje pela manhã, numa conferência junto ao Mercado dos Lavradores, a CDU/Madeira exigiu respostas políticas para esta situação, que tende a se agravar com o passar dos meses.

“O aumento do IVA na Região Autónoma da Madeira, particularmente no sector do turismo e na restauração, constitui um fator de insolvência para muitas empresas, porque perderam competitividade e porque se sentem incapazes de assumir tudo quanto resulta deste agravamento fiscal”, observou Edgar Silva, acrescentando que os problemas são extensivos à população que perdeu poder de compra.

As medidas aprovadas pelos governos Regional e da República para aumentar a receita fiscal não têm os feitos pretendidos. “As empresas vivem uma situação de grande asfixia porque os consumidores não compram” e, desde modo, os governos acabam por perder dinheiro.

O líder da CDU/Madeira reiterou, neste contexto, que é fundamental baixar os impostos para alavancar a economia.“Temos de defender a economia real, a economia das micro e pequenas empresas que estão dependentes da procura dos madeirenses para conseguir sobreviver”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest