Prevenção e Combate à Violência Doméstica

A Secretária Regional do Trabalho e Solidariedade Social destacou o papel dos polos locais de Prevenção e Combate à Violência Doméstica, nos Açores, em matéria de atendimento, acompanhamento e encaminhamento das vítimas de violência doméstica, bem como de prevenção deste fenómeno.

Ana Paula Marques, que falava durante uma reunião com as entidades parceiras do Pólo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica na ilha Graciosa, reiterou a importância destes instrumentos de proximidade que dão resposta a nível de ilha ou de concelho a esta problemática e têm como objetivos assegurar uma resposta imediata de suporte às vítimas.

A governante regional lembrou ainda que a violência doméstica é “um crime público e deve ser denunciado”, apelando à sociedade civil para a sua denúncia

Na ocasião, a secretária regional realçou, igualmente, o trabalho desenvolvido pelo Governo dos Açores no combate à violência doméstica, constituindo-se “uma matéria prioritária” para o executivo açoriano.

O Pólo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica na ilha Graciosa desenvolveu, entre 2011 e 2012, diversas atividades, ações e campanhas de sensibilização, entre as quais: a distribuição e fixação de cartazes e de panfletos; a campanha “Não à Violência Doméstica”; “Existem máscaras que ninguém deveria aceitar” e exibição da peça de teatro “7 pecados capitais na violência doméstica para com a pessoa idosa”.

[twitter style=”vertical” float=”left”][fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest