Vinhos de mesa madeirenses à conquista de mais mercado [VÍDEO]

O IVBAM promove, hoje e amanhã, no Teatro Municipal Baltazar Dias, provas de vinhos madeirenses.

A Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, através do Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM), promove, hoje e amanhã, uma prova de vinhos DOP “Madeirense” e de IGP “Terras Madeirenses”, em parceria com sete empresas madeirenses.

Paula Cabaço, responsável pelo Instituto do Vinho, explicou que estas iniciativas são muito importantes para a promoção dos vinhos madeirenses, primeiramente no mercado regional, mas também no mercado internacional.

“Os vinhos de mesa madeirenses estão na sua fase de juventude em termos de produção, quando comparados com os 500 anos de história do Vinho Madeira. É um projeto recente, que começou a desenhar-se no final da década de 80, mas que está neste momento a mostrar os seus frutos”.

Acrescente-se que a produção de vinhos de mesa corresponde apenas a 5% da vindima total, sendo que o restante é destinado à produção de Vinho Madeira. A produção atual anda a volta das 180 toneladas por ano, mas o objetivo é duplicar este número. “Estamos a falar de 180 toneladas de uvas, de 150 mil litros produzidos anualmente em média, mas estamos aquém do nosso objetivo que é chegar aos 500 mil litros”.

Também na oportunidade, o Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira deu conta das boas expectativas para a vindima deste ano. “Tem sido um ano especialmente bom para a cultura da vinha. Um ano quente, seco, mas não excessivo (…). Tudo indica que vamos ter uma vindima superior à do ano anterior, quer em quantidade, quer em qualidade”, concluiu Paula Cabaço.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest