Perda de qualidade no ensino e professores sobrecarregados

Luís Alves, da Associação Nacional de Professores, está preocupado com as alterações no sistema educativo regional.

O presidente da secção regional da Associação Nacional dos Professores, Luís Alves, está contra a redução de turmas apresentada pela Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos.

Uma medida que, para além de implicar o despedimento de cerca de 160 professores, vai sobrecarregar aqueles que se encontram no ativo.

“A Associação Nacional de Professores, apesar de estar há pouco tempo na Madeira, está a crescer em termos de associados e os nossos associados, muitos, são contratados e é claro que preocupa-nos o futuro”. E, por outro lado, o aumento do número de alunos por turma vai obrigar a mais exigências físicas e psicológicas.

Luís Alves explicou, ainda assim, que a secção regional da Associação Nacional dos Professores tem reunido com o secretário regional, Jaime Freitas, e tem verificado uma certa abertura às propostas educativas. “Agora vamos ver se vão ser postas em prática”.

As afirmações foram feitas, hoje pela manhã, à margem da sessão de abertura da exposição “Os Desenhos do OGIMA”, da autoria dos alunos do 1º Ciclo de alguns estabelecimentos de ensino da Região Autónoma da Madeira.

Uma exposição centrada no livro “OGIMA” que foi escrito por Francisco Fernandes, ex-secretário regional de Educação e Cultura, que marcou presença e voltou a cativar as crianças com as suas histórias.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”][twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest