PCP quer ouvir Miguel Macedo na Assembleia da República

Para que o ministro clarifique o que correu mal no combate aos incêndios que assolaram a Madeira na última semana.

O deputado do PCP na Assembleia da República (AR), António Filipe quer a presença, no Parlamento do Ministro da Administração, para explicar o combate aos fogos, o socorro e prevenção nos incêndios que assolaram, esta semana, a Região. Esta manhã uma delegação do PCP, na AR, visitou em Gaula as zonas mais afetadas pelo fogo e António Filipe afirmoue em declarações à comunicação social que o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo tem muito por explicar, pois de acordo com o parlamentar comunista o governante minimizou a gravidade da situação.

“Creio que tanto o primeiro-ministro, embora estivesse longe, como o ministro da Administração Interna, que veio à Região, aquilo que os ouvimos dizer, através da comunicação social, teve como objetivo minimizar muito a gravidade da situação que se viveu aqui”, criticou. António Filipe referiu também que as declarações de Miguel Macedo, na Madeira, deram a entender que houve uma uma resposta adequada à situação “e nós verificamos que a resposta ficou muito aquém daquela que deveria ter sido dada”, apontou.

O deputado comunista considerou que é evidente que há carência de meios quer da proteção civil como dos bombeiros e louvou o trabalho da população.

“A exiguidade dos meios para combater os incêndios deve ser motivo reflexão e de alteração, A Madeira não estava devidamente preparada. A população teve que em muitas situações resolver a situação com mangueiras e baldes”, observou.

António Filipe defendeu, na ocasião, que a utilização de meios aéreos teria sido uma grande ajuda. De referir que a delegação do PCP vai estar durante a parte da tarde a visitar outras zonas da ilha afetadas pelos incêndios.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest