Mercado automóvel continua em queda

O mercado de automóveis ligeiros de passageiros registou em julho de 2012 uma contração de 35,1%, tendo sido comercializados 9.257 veículos.

Registe-se que esta variação homóloga não foi tão acentuada como nos meses anteriores, o que se deve ao facto do mercado ter começado a acentuar uma evolução fortemente negativa a partir do segundo semestre de 2011. Por esta razão, serão de esperar quedas homólogas menos desfavoráveis nos próximos meses, mas com o mercado a apresentar níveis historicamente baixos.

Em termos acumulados, nos primeiros sete meses do ano de 2012, as vendas de automóveis ligeiros de passageiros não foram além das 62.661 unidades, o que se traduziu numa forte contração de 41%, relativamente ao período homólogo de 2011.

No que concerne aos veículos comerciais ligeiros, a conjuntura económica fortemente negativa conjugada com o aumento da fiscalidade em 2012 colocaram este mercado praticamente em queda livre. Com efeito, no mês de julho registou- se uma variação homóloga de 54,8%, tendo sido comercializados em Portugal apenas 1.114 veículos desta categoria. Nos primeiros sete meses de 2012, o mercado situou-se nas 8.921 unidades, tendo registado uma forte contração de 54,9% ao período homólogo do ano anterior.

Quanto ao mercado de veículos pesados de passageiros e de mercadorias, verificou-se em julho de 2012 uma queda de 11,9%, tendo sido vendidos apenas 178 veículos. Já no período acumulado de janeiro a julho de 2012 as vendas não ultrapassara as 1.178 unidades, tendo-se verificado uma contração de 43,8%, relativamente ao período homólogo do ano anterior.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest