PTP contra novo Código Laboral

José Manuel Coelho diz que governo da República alterou a lei laboral para favorecer os patrões e tirar direitos adquiridos aos trabalhadores.

O grupo parlamentar do PTP/Madeira realizou esta tarde uma iniciativa política junto à empresa AFA para chamar a atenção dos trabalhadores para as novas medidas do Código de Trabalho que entram hoje em vigor. “A partir de hoje os trabalhadores são confrontados com o novo pacote sobre a lei laboral, este governo da República alterou a lei laboral para agradar aos grandes senhores do dinheiro e ao patronato”, denunciou o deputado José Manuel Coelho, acrescentando que a partir de hoje todos os trabalhadores têm menos três dias de férias, em cada ano, e menos quatro feriados para gozar, “o que significa que vão trabalhar para o patronato mais sete dias à borla”, vincou.

José Manuel Coelho adiantou que o seu partido está solidário com os partidos de esquerda que na Assembleia da República vão propor a inconstitucionalidade do código laboral que entrou em vigor hoje.

O parlamentar trabalhista explicou que agora as horas extraordinárias serão pagas com menos 50%, assim como os serviços prestados nos feriados. “O trabalhador fica sobre a ditadura patronal porque pode ser despedido sem justa casa” e a qualquer momento mesmo que o funcionário tenha 30 anos de casa. (Video dentro de instantes).

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest