Camacha revitaliza a atividade agrícola e o comércio local

Expo Camacha, uma iniciativa da Junta de Freguesia da Camacha, realiza-se no Largo da Achada.

Escoar produtos agrícolas, vender artigos regionais e dinamizar ações solidárias. A Expo Camacha, uma iniciativa da Junta de Freguesia da Camacha, que se realiza quinzenalmente no Largo da Achada, tem criado inúmeras oportunidades de negócio.

Apesar do artesanato não estar a ter muita saída, talvez por causa da “tão falada crise”, Maria Augusta acrescenta que a feira torna-se um momento de distração. “As pessoas têm outras prioridades. Mas passa por aqui muita gente, dá-se dois dedos de conversa, e o tempo depressa passa”.

Mais satisfeitos estão os agricultores. A qualidade dos produtos da terra (batata-doce, feijão, abóboras, maçarocas, pimentos) é bem conhecida e o escoamento é, regra geral, garantido. A Junta de Freguesia tem procurado assim minimizar as dificuldades financeiras das famílias do concelho.

O Largo da Achada acolhe ainda um stand destinado a arrecadar verbas para o Nuno Correia, um jovem que sofre de distrofia muscular e precisa, com urgência, de uma cadeira de rodas e da construção de um quatro adaptado. A venda de bolos, a 1 euro a fatia, corre bem.

“Pedi à Junta de Freguesia para estar presente nestas feiras, para ajudar o meu filho que está a perder as capacidades motoras. As pessoas sabem o que estamos a fazer e querem ser solidárias”, referiu Ana Correia, lamentando que da parte das entidades competentes a resposta não seja tão célere.

Refira-se que, dado o sucesso desta ação, a organização pondera mesmo a realização de outras atividades do género.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest