PTP acusa Ricardo Vieira de “religioso fingido”

José Manuel Coelho afirma que o advogado tem duas faces e que ajuda as empresas a não pagar impostos desviando o dinheiro para paraísos fiscais.

O grupo parlamentar do PTP deslocou-se esta tarde ao edíficio da empresa “Abreu Advogados” onde trabalha o ex-lider do CDS/Madeira, Ricardo Vieira, para acusar o advogado de “ter duas faces”. O deputado do PTP, José Manuel Coelho afirmou que “Ricardo Vieira é o advogado/sacristão. Tem uma face durante da semana, ou seja, de segunda a sexta veste estas roupagens fica aqui no escritório a criar contabilidade para as empresas que querem fugir de pagar impostos na Madeira para pagarem impostos noutros paraísos fiscais e no sábado e no domingo veste outra roupagem, vai para a igreja do Colégio cantar, meter a mão no peito e meter hostias na barriga e está tudo perdoado”, acusou Coelho que disse ainda que Ricardo Vieira “é um religioso fingido”.

Na iniciativa política o PTP mostrou duas fotos, uma de Ricardo Vieira e outra de João Machado, dos Assuntos Fiscais, a quem o parlamentar trabalhista também fez duras críticas. “Este é o maior gatuno que há na cidade do Funchal tem delapidado os madeirenses através dos impostos e multas, e como já não podem pagar multas os comerciantes são obrigados a encerrar os seus estabelecimetnos e a culpa é deste senhor (João Machado)”, denunciou.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest