“O PSD do Porto da Cruz abandonou os vivos e agora os mortos”

PS diz que a governação tem gasto milhões em obras que “não servem para nada”.

O PSD no Porto da Cruz não está minimamente interessado nas propostas da oposição e, bem menos, nos interesses dos munícipes, denunciou o coordenador do Partido Socialista, José Manuel Sebastião, dando como exemplo as ilegalidades que ocorrem no cemitério do Porto da Cruz. “O PSD do Porto da Cruz abandonou os vivos e agora os mortos”.

Na acção política, realizada hoje pela manhã, o dirigente socialista deu conta das obras que não têm qualquer utilização, tais como o Campo de Futebol ou a Estação de Tratamento de Águas Residuais, que custou quatro milhões de euros e “os esgotos do Porto da Cruz correm a céu aberto para as ribeiras e para o mar”.

José Manuel Sebastião lembrou ainda as dificuldades por que passam os taxistas da localidade, que têm mais de 50 mil euros para receber, dizendo mesmo que a governação social-democrata vai deixar pesadas marcas às gerações futuras.

“O PSD do Porto da Cruz é insensível, o PSD do Porto da Cruz é incompetente, porque não soube defender os interesses tanto dos seus munícipes, como dos seus cidadãos e por isso estamos aqui a pedir a todos políticos, tanto do Porto da Cruz, como do concelho de Machico, para que haja decência e que olhem para o Porto da Cruz”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest