PS/M: Governo falha na promoção do Vinho Madeira

Socialistas estiveram no Estreito de Câmara de Lobos e pediram mais apoios para o sector vitivinícola.

O Partido Socialista da Madeira esteve, hoje pela manhã, na freguesia do Estreito de Câmara de Lobos para abordar questões ligadas ao sector vitivinícola e pedir mais incentivos ao Governo. Victor Freitas lembrou que a localidade, a par de São Vicente, é responsável pela produção do Vinho Madeira.

“Não se percebe que a força desta marca, que chega a todos os cantos do Mundo, não tenha o escoamento que nos desejaríamos. O Vinho Madeira, como marca de excelência que é, deveria merecer uma maior promoção”.

Apesar do Governo Regional ter anunciado, em finais de Junho, que o escoamento das uvas está garantido, o porta-voz da ação socialista apontou que não é isso que se verifica no contacto com os produtores. “O que nós sentimos no terreno é que esse escoamento não está garantido”.

O Partido Socialista da Madeira quer que seja disponibilizada, o mais rapidamente, uma linha de crédito para as casas que produzem e junto dos agricultores obtêm as uvas, para que ninguém saia prejudicado.

“O que é certo é que a Região Autónoma da Madeira vende cerca de 3 milhões de garrafas por ano e as casas têm um stock de 14 milhões de garrafas. Entendemos que, neste matéria, temos de fazer uma promoção bem forte, inclusive junto dos emigrantes, que podem ser os porta-vozes do Vinho Madeira”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest