Quinteto do Naval conquista três títulos e seis medalhas

O início de temporada do Clube Naval do Funchal está a ser muito produtivo no que ao karaté diz respeito.

Depois dos bons resultados no Torneio Madeira, desta feita foram meia dúzia de pódios conquistados pelos cinco navalistas presentes no Campeonato Regional de Cadetes a Seniores e Open Madeira, disputados no passado dia 17 de novembro, no Pavilhão dos Barreiros. No campeonato regional, os consagrados Ricardo Gomes (+84 kg) e Bruno Menezes (-75 kg) não tiveram grandes dificuldades e venceram as respectivas categorias, com resultados de 8-0 nas finais, numa clara demonstração da sua superioridade que, de resto, vem-se verificando de há alguns anos a esta parte. Especial referência para Álvaro Sousa, um sexagenário cinturão negro que, após largos anos de prática, estreou-se em campeonatos regionais na categoria de -60 kg e chegou à final. No combate decisivo, de cerca de 4 minutos, frente a um jovem karateca do Marítimo, o navalista vendeu cara a derrota, terminando no 2.º lugar. Ainda assim, o estatuto de vice-campeão regional é excelente.

O Open Madeira disputou-se com regras diferentes, em que não houve lugar à marcação de pontos mas sim à realização de um combate de 2 minutos sem paragens, em que no final a vitória foi decidida por Hentei (decisão maioritária do painel de arbitragem).

Nesta prova participaram Bruno Menezes, Vladyslav Stratienko e David Maciuca, estes dois últimos impedidos de combater no regional por não terem nacionalidade portuguesa. Nos seniores, Bruno Menezes cedo demonstrou ao que vinha e passeou a sua classe no “tatami”, com técnicas

de elevado grau de dificuldade e espectacularidade que o conduziram naturalmente ao triunfo. Vladyslav Stratienko também teve uma boa prestação, começando por vencer o recém consagrado campeão regional de – 84 kg, para depois perder perante o colega Bruno Menezes. Na repescagem, Stratienko venceu o vice-campeão regional de +84 kg, o que lhe garantiu o 3º lugar. Nos juniores, David Maciuca não deu qualquer hipótese aos seus adversários, vencendo sem sofrer qualquer ponto.

 Gomes exalta início intenso de época

Não admirou, portanto, a satisfação do treinador do Clube Naval. “Este início de época tem sido intenso, com a preparação para um estágio regional, exames em que todos os atletas foram graduados e a preparação para este campeonato regional. Para os seniores, esta prova dista muito do campeonato nacional (em Março), no entanto, os nossos atletas são muito experientes e isso ajuda na gestão dos combates. Destaco a participação do Sr. Sousa, de 62 anos, que esta época começou a competir em grande no atletismo, vencendo várias provas na sua categoria, aos quais agora junta um título de vice-campeão regional”, sublinhou Ricardo Gomes, estendendo a sua análise ao Open Madeira. “O domínio foi do Naval, onde demonstrou superioridade ao nível do kumite combate masculino. Do Bruno só esperava a vitória, como acabou por acontecer, o Vlad só perdeu para o Bruno e venceu atletas de peso superior, um deles campeão regional. O David já tinha demonstrado no Torneio Madeira ser o mais forte nos juniores e isso confirmou-se. Resta-me congratular todos os que connosco treinam e acreditam em nós, de um modo especial aos que participaram, não tanto pelos resultados obtidos, que eram esperados, mas pelo desempenho e atitude que tiveram durante a prova.”

Referência ainda para o contributo que os navalistas Ricardo Gomes e Bruno Menezes deram na arbitragem da prova, durante a qual concluíram com sucesso a ação de reciclagem iniciada durante a manhã com as avaliações teóricas.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”][fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest