GR vai recolher biomassa nas explorações florestais e agrícolas [VÍDEO]

Com vista ao seu tratamento na Estação da Meia Serra. Uma solução que vai beneficiar proprietários e ambiente.

IMG_7341O Governo Regional assinalou hoje, no Jardim Botânico da Madeira – Eng. Rui Vieira, o Dia Mundial do Ambiente. Manuel António Correia, secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, aproveitou para destacar a aposta realizada na estação de tratamento da Meia Serra, ao nível do tratamento da biomassa, e que está a ser apontada como exemplo para estações do Continente.

“Estamos a preparar, e já a executar, um conjunto de ações estruturais para transformar aquilo que é um problema, o excesso de biomassa, numa solução”, disse, acrescentando que, depois de um primeiro passo, que é a transformação da estação da Meia Serra numa estação híbrida, a ideia é avançar com a recolha da biomassa nas explorações florestais e agrícolas.

“Vamos criar um potencial para que os proprietários cumpram a sua obrigação de limpeza. Toda a gente conhece a obrigação legal, mas é preciso que em concreto se encontrem soluções que permitam e até estimulem essa limpeza da biomassa florestal, para que se reduza o risco de incêndio”.

Manuel António Correia não quis adiantar muito mais, mas garantiu que os proprietários dos terrenos não saíram prejudicados. Este projeto pioneiro trará inclusive um outro potencial “na medida em que haverá criação de emprego à volta desta atividade”.

Ainda a propósito do Dia Mundial do Ambiente, ficou-se a saber que as atividades ligadas ao ambiente, tais como aquelas desenvolvidas nos jardins públicos, envolvem anualmente mais de 50 mil pessoas e que a Região Autónoma da Madeira tem sido destacada com vários prémios internacionais.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]


PUB