Bancos com mais abertura no que toca ao crédito à habitação

O primeiro trimestre do ano deu continuidade ao crescimento da confiança no setor imobiliário.

apemipA APEMIP – Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal revela que os números do primeiro trimestre de 2014 dão continuidade ao crescimento da confiança no setor imobiliário, isto também porque as instituições financeiras têm revelado mais abertura no que toca ao crédito à habitação, o que tem incentivado a dinâmica de retoma neste mercado.

Luís Lima, Presidente da APEMIP, considera que o momento é otimista e transmite confiança aos agentes do setor . “As transações imobiliárias e a procura têm vindo a registar números mais animadores, muito devido ao impulso dado pelo investimento estrangeiro, aliciado por programas como os Vistos Gold ou o Regime Fiscal para Residentes Não Habituais que, por sua vez, acabaram por contaminar positivamente o próprio mercado interno do país.”.

Nas pesquisas efetuadas ao portal Casa Yes a procura de imóveis residenciais para aquisição é também uma realidade recorrente, encerrando, no âmbito nacional, no final do ano superior a 50% das pesquisas. Numa análise por tipo de imóvel, 58,8% das pesquisas direcionaram-se para apartamentos e 31,3% para moradias.

A nível concelhio, e tendo por base de referência o primeiro trimestre do ano, verifica-se que Lisboa encontra-se na primazia no âmbito dos concelhos mais pesquisados com 10,3%, na procura de apartamentos com 15,3%, no que concerne a imóveis não residenciais encerra cerca de 6,2%, nos imóveis para compra 9,2% e para arrendamento 13.1%. Já o maior nível de pesquisas se centralizou maioritariamente em municípios do distrito de Lisboa e do Porto.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest