Menos 1.500 alunos no próximo ano lectivo

Jaime Freitas explica o porquê de algumas restrições na contratação do pessoal docente.

IMG_0797Os parlamentares continuam a discutir o diploma que regula o concurso externo extraordinário de vinculação de docentes contratados. A oposição tem tecido críticas à actuação da Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos e às constantes alterações aos apoios, ao estatuto do aluno ou à contratação docente.

Jaime Freitas não desmente algumas dificuldades na implementação de medidas, muitas derivadas da crise económica e financeira, mas reitera todo um trabalho de promoção da educação.

“Com esta acção estaremos a fazer um acto de justiça para com muitos professores e educadores que trabalham nas nossas escolas, mas estaremos também a conferir mais e melhores condições de funcionamento ao nosso sistema educativo, criando mais e melhores capacidades ao serviço dos nossos alunos e ao serviço do grande objectivo que é a qualificação dos madeirenses e dos portosantenses.

O secretário regional apontou, por exemplo, que perspectiva-se que no próximo ano lectivo 2014/15 frequentem o sistema educativo cerca de menos 1.500 alunos, isto sem contar com os problemas que advêm da redução do número de nascimentos registados e do aumento da emigração.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest