Prémio distingue trabalhos jornalísticos na área da dor

Para esta 3ª Edição, as candidaturas abertas até 31 de Agosto de 2014.

Sick Woman. Flu. Woman Caught Cold. Sneezing into TissueA Associação Portuguesa para o Estudo da Dor e a Fundação Grünenthal promovem a terceira edição do Prémio Anual de Jornalismo, com o objetivo de incentivar e reconhecer o interesse e qualidade dos trabalhos jornalísticos na área da DOR.

Este prémio destina-se a todos os jornalistas residentes em Portugal cujos trabalhos tenham sido publicados, desde o dia 1 de Maio de 2013 até 30 de Abril de 2014, e o valor total do prémio é de 3.000 euros, igualmente distribuídos pelos trabalhos vencedores nas três categorias a concurso.

A dor crónica é uma situação de dor persistente que, se não for adequadamente tratada, poderá afetar gravemente a qualidade de vida das pessoas e conduzir à incapacidade para o trabalho. Em Portugal, a dor crónica afeta mais de 30 por cento da população adulta.

A Associação Portuguesa para o Estudo da Dor tem por objetivos promover o estudo, o ensino e a divulgação dos mecanismos fisiopatológicos, meios de prevenção, diagnóstico e tratamento da dor de acordo com os parâmetros estabelecidos pela International Association for the Study of Pain (IASP). Para mais informações consulte www.aped-dor.com.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest