Governo avança com avaliação do sistema educativo regional [VÍDEO]

O ano letivo 2014/2015 arranca com menos 1.500 alunos e aproximadamente menos 180 professores.

foto escolaA Secretaria Regional da Educação e dos Recursos Humanos apresentou, esta manhã, o ano letivo 2014/2015, que arranca com menos alunos, cerca de 1.500, e aproximadamente menos 180 professores.
Jaime Freitas deixou um apelo à participação ativa das famílias no sistema educativo e falou da necessidade de avaliar este mesmo sistema. Está já a ser criada uma equipa de acompanhamento para o efeito, sendo que num primeiro passo a ideia é uma avaliação interna das escolas e dos serviços.

“O sistema educativo tem de ser avaliado e os resultados dessa avaliação têm que ser sistematizados, trabalhados e apresentados como ponto de partida para o estabelecimento de planos de melhoria que induzam novos elementos de qualidade no sistema. Só faz sentido avaliar um sistema com esta ambição (…) para detectar onde estão os pontos fortes e os pontos fracos e os desafios que se apresentam ao sistema”. Jaime Freitas deu conta de um “processo longo e complexo”, mas que servirá para a melhoria e a transparência da educação na Região Autónoma da Madeira.

Na apresentação desta manhã, a Secretaria Regional da Educação e dos Recursos Humanos reiterou também o apoio ao ensino particular, que vai receber cerca de 25 milhões de euros, e disse não haver razão para as queixas dos sindicatos dos professores sobre os atrasos nas colocações.

“Não concordo que os professores não estejam preparados”, disse, lembrando que “o facto de haver mais de 50% dos antigos professores contratados que agora fazem parte dos quadros (…) esses professores são os suficientes para garantir o funcionamento da escola em termo das suas necessidades permanentes”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest