Largada sem problemas na XVIII Regata Canárias-Madeira

33 embarcações, com um total de 186 tripulantes, zarparam ontem para a XVIII Regata Internacional Canárias-Madeira.

10620582_274572486085887_1263276527827191621_n33 embarcações, com um total de 186 tripulantes, zarparam ontem para a XVIII Regata Internacional Canárias-Madeira. O vento fraco do quadrante sul que se fez sentir em Las Palmas, permitiu uma largada sem problemas, com os skippers a procurarem as melhores posições na rota de 293 milhas náuticas até ao Funchal.

Tendo em conta que o recorde da prova, estabelecido em 1999, na 11.ª edição, é de quase 37 horas, prevê-se que as primeiras embarcações cheguem ao Funchal na madrugada de quinta-feira. Curiosamente, o detentor desse recorde, o Muyay, integra a frota desta edição e é um dos mais fortes candidatos à vitória.

Recorde-se que, para além do vencedor em tempo compensado, a embarcação que primeiro cruzar a linha de chegada em tempo real, conquistará o Troféu Alivar Jones Cardoso, numa homenagem da Câmara Municipal do Funchal ao antigo presidente do CNF e um dos principais impulsionadores desta regata, que venceu em 1983.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest