GR introduz “elemento de instabilidade” nas escolas

Todas as escolas da Região estão, a partir de hoje, a funcionar em pleno.

IMG_7374O secretário regional de Educação e Recursos Humanos participou, esta manhã, na abertura do ano lectivo na Escola Básica do 1º, 2º e 3º Ciclos com Pré-Escolar do Curral das Freiras.

“Estamos a monitorizar aquilo que está a acontecer em todas as escolas da Região Autónoma. Segundo o plano que nos foi apresentado por cada uma das escolas, no dia de hoje aquelas escolas que ainda não tinham iniciado as suas actividades estarão a lançar o primeiro dia de aulas”, disse, mostrando total confiança na experiência dos vários conselhos executivos, do pessoal docente e não docente e das famílias.

Jaime Freitas voltou a afirmar que os professores que estão no quadro são os suficientes para as necessidades educativas, mas que há ainda a possibilidade da contratação de 490 docentes, consoante as necessidades que venham a surgir. As mudanças realizadas no sistema educativo, seja ao nível dos estabelecimentos, seja ao nível do quadro docente, tem como objectivo, conforme acrescentou, a estabilidade a longo prazo.

“É este elemento de estabilidade que queremos introduzir nas escolas. É uma estabilidade estrutural que vai funcionar este ano, que vai funcionar para o ano e que vai funcionar nos próximos anos. Assim não ficamos, de ano a ano, dependentes das contratações”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest