Jardim não quer “fantasias” no sector da sáude

Alberto João Jardim aconselhou o novo Executivo Regional a repensar os projetos para a área da saúde e a dar continuidade às obras em curso.

IMG_0110Alberto João Jardim aconselhou o novo Executivo Regional, que toma posse no dia 20 do corrente mês, a repensar os projetos para a área da saúde e a dar continuidade às obras em curso e a outras que sejam necessárias ao bom funcionamento dos serviços de saúde na Regiao.

“Ouço falar em novos hospitais, as pessoas não fazem ideia do tempo que leva a fazer um novo hospital e a equipá-lo, ouço falar noutras fantasias (…). Estou avisando a tempo porque há muitas coisas que ainda é preciso fazer na Madeira e era bom não se gastar dinheiro em coisas que se podem dispensar ou que se podem encontrar soluções mais baratas”.

O presidente do Governo falava, esta manhã, durante uma visita a vários serviços do Hospital Dr. Nélio Mendonça que foram alvo de obras de ampliação e remodelação, nomeadamente: o novo serviço de cirurgia do ambulatório composto por um bloco operatório com 4 salas, sala de recobro com 19 camas e respetivas áreas de apoio; a Unidade de Hemodiálise que passou a dispor de mais 12 postos de tratamento, sala polivalente, recobro e área de apoio médico e a remodelação da urgência pediátrica, bem como o novo espaço de recepção do serviço de Urgência, que foram ampliadas, duplicando a sua capacidade de funcionamento. As obras representam um investimento de 3.402.618,68 euros.

Também na oportunidade, e tendo em conta que foi a última visita ao Hospital Dr. Nélio Mendonça enquanto presidente do Governo Regional da Madeira, Jardim quis agradecer a todos os profissionais de saúde da Região pelo prestígio e pela qualidade dos serviços que têm conferido ao sector.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest