6 em cada 10 pessoas tiveram um aumento de peso durante o verão

Segundo o estudo “Como o verão afeta a nossa dieta e o nosso peso?”, realizado pela PronoKal Group®, 6 em cada 10 pessoas ganham peso no verão, sendo que 74% reconhece que os seus hábitos alimentares se agravam nesta altura.

Na sequência do regresso à rotina, os especialistas do Método Pronokal® desenvolveram este estudo com o objetivo de entender como o verão afeta diretamente o peso e o plano alimentar. Assim, o estudo mostra que 80% dos entrevistados aumentou o seu peso em cerca de 2 a 4 quilos durante o verão, sendo que 62% já tinha 3 quilos a mais quando começou as férias. Além disso, cerca de 90% dos entrevistados considera que o retorno à rotina será a altura ideal para voltar à boa forma física e perder os quilos extras.

“Com o fim do verão regista-se um aumento de peso, pelo qual não esperamos. Hoje em dia temos acesso a um conjunto de tratamentos eficazes que nos ajudam a combater o excesso de peso. O Método Pronokal®, tratamento dietético baseado em proteínas, é uma solução rápida que o ajuda a atingir os seus objetivos”, comenta Josep Maria Francés, Diretor Geral da PronoKal Iberia.

Análise às mudanças na alimentação, atividade física, consumo de álcool e horas de sono.

Para um maior rigor, todos os entrevistados tiveram de responder a um questionário sobre os seus hábitos durante o ano e no verão. Assim, foi possível comparar individualmente os padrões de vida adotados e entender se as pessoas de facto aumentaram o peso. Verificou-se que 63% das pessoas reconhece que os seus hábitos se agravam nesta estação: 57% afirma que adotou maus hábitos alimentares e 40% aumentou o consumo de álcool. Apenas 59% manteve ou aumentou a prática de exercício físico.

Os hábitos alimentares agravam-se de facto. Do total de entrevistados, 6 em cada 10 pessoas aumentaram o consumo de snacks, fast food, doces e bebidas açucaradas. Por sua vez, só 29% aumentou o consumo de frutas e legumes.

O consumo de álcool também variou: 40 % dos entrevistados aumentou a ingestão de cerveja, licores e cocktails, no caso do vinho manteve-se o consumo médio, ou seja, 1 ou 2 vezes por semana. Relativamente aos cocktails, bebidas brancas e cerveja, o aumento de 40% representa uma alta ingestão calórica que pode favorecer o aumento de peso.

No que toca às horas de sono, 30% dos entrevistados aumentou o número médio de horas dormidas, passando de 5-7 horas para 8-10 horas.

Comparação entre géneros: os homens são mais realistas, mas as mulheres preocupam-se mais

Analisando os dados, verifica-se que os homens são mais conscientes acerca das transgressões cometidas no verão, o que não se verifica relativamente às mulheres. 100% dos homens reconhece ter aumentado de peso durante o verão devido a um agravamento dos seus hábitos alimentares. No sexo feminino, apenas 72% o reconhece.

A nível de atividade física, verifica-se que os homens são mais ativos que as mulheres. Segundo os dados, 86% dos homens aumentou ou manteve o seu nível de atividade física (pelo menos 1 ou 2 vezes por semana), e apenas 14% a reduziu. No caso das mulheres, apenas 57% manteve a sua atividade física, sendo que 43% afirma que a reduziu.

Analisando a alimentação de cada um dos géneros, verifica-se que há uma tendência generalizada para a adoção dos maus hábitos como o aumento do consumo de snacks, fast food, doces e refrigerantes, no entanto destaca-se o facto de 7 em cada 10 homens reduzirem significativamente o consumo de fruta e legumes. Quanto ao consumo de álcool existem diferenças acentuadas. No caso dos homens, 71% aumentou o consumo de cerveja, cooktails e licores, enquanto as mulheres não diferem muito do habitual.

Com estes resultados, a Pronokal Group® procura consciencializar para a importância de manter um estilo de vida saudável até mesmo no verão, de modo a que o peso e a saúde não sofram alterações.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger