Investigadores restauram primeiras músicas gravadas por computador

Investigadores neozelandeses anunciaram segunda-feira terem restaurado a primeira gravação de música gerada por computador, feita em 1951 pelo matemático britânico Alan Turing, também conhecido como o pai das ciências da computação e por decifrar o código Enigma usado pelos nazis na II Guerra Mundial.

A “engenhoca”, segundo os investigadores da Universidade de Canterbury, em Christchurch, indica que Alan Turing foi também inovador ao nível da música.

A gravação foi feita há 65 anos por uma unidade de exteriores da BBC num laboratório de computação em Manchester, no norte de Inglaterra. A máquina, que preenchia grande parte do piso térreo, foi usada para gerar três melodias: «God Save the King», «Baa Baa Black Sheep» e «In the Mood» de Glenn Miller.

“Foi um belo momento quando ouvimos pela primeira vez o som do computador de Turing”, afirmaram os investigadores neozelandeses.

O matemático britânico foi um cientista da computação, filósofo e criptologista que desempenhou um papel fundamental ao resolver o enigma nazi. Como retrata o filme «O jogo da imitação», vencedor de um Óscar pelo melhor argumento adaptado, Turing acabou condenado por homossexualidade e submetido à castração química. Suicidou-se em 1954, aos 41 anos. Em 2013, a rainha Isabel II concedeu-lhe o perdão a título póstumo, após uma longa campanha.

Pin It on Pinterest