Mudança de hora prejudica a saúde

A alteração dos ponteiros do relógio para a hora de Inverno traz “mais riscos que benefícios”, advertiu o presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono. Miguel Meira Cruz diz que a mudança tem impactos negativos na saúde.

“Qualquer das direcções em que se proceda uma mudança súbita num relógio de adaptação lenta como o que temos no cérebro, tem prejuízos significativos e potencialmente graves”, advertiu Miguel Meira Cruz.

O especialista aponta alguns sintomas causados pela alteração da hora, como prevalência de alguns tipos de dores de cabeça, nomeadamente a cefaleia hípnica (surge durante o sono) e a cefaleia em salvas (dor muito forte só num lado da cabeça).

Uma vez que a “capacidade de alerta” da pessoa oscila com o “caráter circadiário” e com o aumento do tempo na escuridão, o risco de acidentes é também aumentado, alerta Meira da Cruz.

A mudança da hora, segundo o especialista, “é mais um exemplo do predomínio de interesses económico-financeiros, que vigora no mundo, em detrimento daqueles dirigidos à promoção da saúde”.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger