Portugal baixou taxa de abandono escolar

Portugal reduziu a taxa de abandono escolar precoce para os 13,7%, menos 6,8 pontos percentuais entre 2012 e 2015, mas mesmo assim um valor acima da média da União Europeia (11%).

Os dados foram publicados esta segunda-feira pela Comissão Europeia. Segundo o Monitor da Educação e da Formação, não só diminuiu a taxa de abandono precoce nos estudantes entre os 18 e os 24 anos, como aumentou, entre 2012 e 2015, a taxa de conclusão dos estudos superiores (30-34 anos), de 27,8% para 31,9% (38,7% na UE).

O relatório salienta que “a tendência para o decréscimo das matrículas no ensino superior, juntamente com a alta taxa de emigração de cidadãos portugueses altamente qualificados para outros países europeus, está a agravar a crise demográfica do país e poderá ter reflexos negativos na sua competitividade”.

Já o investimento na educação tinha sido, em 2014, de 6,2% em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), sem alterações face a 2011 e acima da média da UE (4,9%). O orçamento de 2016 para a educação, segundo o documento, não teve aumentos significativos em relação ao ano anterior.

Pin It on Pinterest