PJ deteve suspeitos de crimes violentos

A Polícia Judiciária deteve, esta terça-feira, 20 skinheads suspeitos de crimes violentos e discriminação racial, após buscas em Braga, Lisboa e Albufeira. Segundo a Procuradoria Geral Distrital de Lisboa (PGDL), estão em causa crimes como discriminação racial, religiosa e sexual, homicídio qualificado, ofensa à integridade física qualificada, roubo e dano.

“A investigação apurou ainda que neste contexto foram cometidos outros crimes de idêntica natureza, tendo como vítimas cidadãos que perfilham uma ideologia antifascista e antagónica à dos autores destes factos”, acrescentou a PJ em comunicado.

Os indivíduos são suspeitos de fomentarem “acções violentas contra indivíduos de raça negra, indianos, de orientação sexual diferente da deles e refugiados, usando as redes sociais da internet para o incitamento ao ódio, discriminação racial, perseguição e violência física”.

“No âmbito dessa actividade, no período compreendido entre 3 de Novembro de 2013 e 20 de Setembro de 2015, os suspeitos, motivados pela referida discriminação, terão agredido vários indivíduos e tentado causar a morte de de um outro, bem como subtraído com violência e/ ou danificado bens pertencentes a outros indivíduos”, adiantou a PGDL.

Pin It on Pinterest