Suspeito da “Máfia de Ladrões em Lei” em prisão preventiva

Um cidadão estrangeiro, detido em Barcelona pelas autoridades espanholas, e sobre quem pendia um Mandado de Detenção Europeu (MDE), foi presente no Tribunal Central de Instrução Criminal, tendo ficado em prisão preventiva.

O MDE foi emitido pelo DCIAP na sequência da “Operação Gazua” que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou no passado dia 11 de outubro e que levou ao desmantelamento de uma associação criminosa do leste europeu, que se dedicava a furtar residências e na qual foram detidos seis cidadãos estrangeiros, todos em prisão preventiva.

Recorde-se que estes indivíduos pertencem a uma organização criminosa do leste, conhecida como “Máfia de Ladrões em Lei” e que já em maio o SEF tinha desmantelado idêntico grupo, que levou à prisão preventiva de três destes cidadãos estrangeiros, elevando para dez, neste momento, os presos preventivamente.

Pin It on Pinterest