69% das farmácias com contas no vermelho

Cada farmácia regista em média um prejuízo anual de 10 mil euros por prestar o serviço de dispensa de medicamentos à população. Esta é a conclusão de um estudo económico da Universidade de Aveiro, que alerta para o facto da rede de farmácias correr riscos de desagregação, já que 69% destas micro e pequenas empresas registaram prejuízos.

A Universidade de Aveiro conclui que «a tendência de resultados negativos que se verifica no setor de farmácias, põe em causa o acesso da população ao medicamento e à assistência farmacêutica, um dos pilares fundamentais do nosso SNS e do direito à Saúde Consagrado na constituição da República Portuguesa».

O estudo “Sustentabilidade Da Dispensa De Medicamentos Nas Farmácias Em Portugal” baseia-se nas demonstrações financeiras e volumes de faturação reais de 1.927 farmácias, nos anos 2014 e 2015.

 

Pin It on Pinterest