Guterres considera crucial restabelecer protecção legal dos refugiados

António Guterres defendeu esta terça-feira, em Lisboa, que “é absolutamente crucial restabelecer a integridade do sistema de protecção legal dos refugiados”. Numa conferência na Fundação Calouste Gulbenkian, o secretário-geral eleito das Nações Unidas intervinha sobre como melhorar as respostas à crise dos migrantes e dos refugiados na Europa.

António Guterres lamentou a falta de apoio dada pela comunidade internacional aos países que acolhem refugiados, como a Jordânia ou o Líbano.

“Quando algo é inevitável e é necessário, a melhor solução é tentar gerir o fenómeno”, apontou. “É absolutamente essencial criar mecanismos de solidariedade com esses países de asilo para não os deixar sozinhos a lidar com o problema dos refugiados.”

Para Guterres, os refugiados sírios representam um falhanço da comunidade internacional. Aumentar as oportunidades de migração legal, com diferentes tipos de visas, é uma das soluções que permitirão “reduzir a margem de manobra” das redes de imigração ilegal, argumentou.

O secretário-geral eleito da ONU, que assume funções a 1 de Janeiro de 2017, constatou ainda que as sociedades actuais investem muito mais recursos humanos e financeiros a combater o tráfico de droga do que as redes de transporte clandestino de migrantes e refugiados.

Pin It on Pinterest