Extreme Sailing Series leva nome da Madeira a Sydney

A última etapa da Extreme Sailing Series iniciou-se em Sydney, com a Equipa Portuguesa a levar o nome da Madeira mais longe, isto depois da visibilidade ganha na Região, aquando da 6ª etapa aqui realizada, no passado mês de setembro.

Diogo Cayolla, skipper da equipe Visit Madeira Sailing Team, faz questão de sublinhar que «a equipa VISIT MADEIRA, comandada por mim, está pronta para a última etapa do circuito na linda cidade de Sydney. Estou muito orgulhoso por trazer a bandeira de Portugal e da Região Autônoma da Madeira a um lugar do mundo que, embora distante do nosso país, tem uma comunidade portuguesa muito significativa.Temos um grande velejador inglês que conhece muito bem a baía de Sydney que nos dará seguramente informações preciosas para que o nosso rendimento seja o melhor possível».

Gil Conde, proa da equipa Visit Madeira Sailing Team, refere, por seu turno, ser uma grande honra «estar a competir numa das regatas mais disputadas do mundo».

O primeiro dia do campeonato prometia muita emoção e drama, uma vez que as previsões climatéricas indicavam ventos fortes. A Equipa Portuguesa Visit Madeira Sailing Team conquistou o quinto lugar, na primeira regata e, na seguinte, com o vento a rondar os 22 nós, o terceiro lugar.

Recorde-se que, para o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, a realização da 6ª etapa da Extreme Sailing Series na Madeira revelou-se «uma oportunidade única de afirmação». Uma prova que não só colocou a Madeira no mapa dos grandes eventos desportivos internacionais, como reforçou o seu posicionamento estratégico, a sua competitividade e a sua atratividade, junto de novos públicos. Aliás, o retorno, foi «evidente e significativo e foi, simultaneamente, ilustrativo de uma nova estratégia de comunicação assente numa imagem mais ativa, moderna e renovada do nosso destino, aliada ao desporto e ao nosso tão valioso mar», salientou na altura o governante.

Pin It on Pinterest