GNR resgata 65 migrantes na Grécia

Militares da Unidade de Controlo Costeiro (UCC), que se encontram destacados na missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (FRONTEX) na Grécia (Poseidon Rapid Intervention), resgataram durante a madrugada de hoje, dia 6 de dezembro, próximo da ilha de Kos – Grécia, 65 pessoas, das quais cinco crianças, que se faziam transportar num bote de borracha com cerca de 10 metros.

O resgate ocorreu durante uma ação de patrulhamento marítimo, na qual os militares detetaram, através do radar da sua embarcação, o bote a atravessar o mar Egeu entre a Turquia e a ilha de Kos na Grécia, com o objetivo de alcançar território europeu.

Na aproximação ao bote, que se encontrava a cerca de 1,5 milhas da costa grega, três migrantes atiraram-se para a água no sentido de alcançarem a embarcação da UCC, tendo sido resgatados de imediato das águas gregas.

As 65 pessoas resgatadas não apresentavam ferimentos, tendo sido entregues às autoridades locais em segurança.

Para efeito de divulgação, poderão ser usadas as imagens recolhidas pelos militares da UCC durante a operação de salvamento, que se disponibilizam no link: https://goo.gl/DWHeHj.

O principal objetivo desta operação da FRONTEX é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a imigração ilegal, o tráfico de seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Desde o início da operação, a GNR já resgatou 642 migrantes.

Pin It on Pinterest