«Swapps» do Santander já representam 440 milhões em juros

A justiça inglesa recusou o recurso e voltou a validar os swaps contratados pelo Metropolitano de Lisboa, Carris, Metro do Porto e STCP ao banco Santander Totta, decisão que deverá obrigar as empresas públicas a pagar, a curto prazo, cerca de 440 milhões de euros em cupões vencidos, mais juros de mora.

O Ministério das Finanças diz que o Estado vai recorrer desta decisão desfavorável para o Supremo Tribunal britânico. O banco diz que quer ver os compromissos honrados, mas diz-se disposto a encontrar uma “solução negociada”.

O valor actual destes contratos ronda os 1.700 milhões de euros em responsabilidades para o Estado que incluem os cupões que não foram pagos nos últimos três anos e o valor de mercado negativo destes produtos que no final de Novembro estava nos 1.250 milhões de euros.

Pin It on Pinterest