Associação de Paralisia Cerebral recebeu «Presidências Abertas»

As Presidências Abertas da Câmara Municipal do Funchal visitaram ontem a Associação de Paralisia Cerebral da Madeira (APCM). O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, fez-se acompanhar do respetivo Executivo, e do Presidente da Junta de Freguesia, Duarte Caldeira, nesta visita, ao que considerou “uma das mais importantes unidades de cuidados específicos da Região.”

Fundada em 1991 por um grupo de pais e técnicos, a APCM é uma Instituição Privada de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, que pretende dar uma resposta ao nível residencial, ocupacional e de reabilitação a cidadãos e famílias de jovens e adultos portadores de paralisia cerebral ou doenças neurológicas. Esta foi mais uma iniciativa dos Encontros com as Pessoas da freguesia de São Martinho.

Paulo Cafôfo foi recebido pela Direção da Associação, que o levou numa visita guiada às instalações, que incluem um Centro de atividades ocupacionais, um Lar residencial, com 49 residentes, e um serviço de Consulta externa (neuropediatria e reabilitação). O Presidente, bem como o restante grupo, pôde entrar em contacto com a diversa gama de profissionais presente e com parte do total de 300 utentes que frequentam a instituição, enaltecendo que “ninguém fica indiferente ao trabalho de excelência desenvolvido na APCM, numa área tão sensível e tão exigente como esta, também a nível emocional.”

Paulo Cafôfo confessou-se “impressionado com a qualidade das instalações e com o alcance das valências do serviço”, lembrando que a Câmara Municipal “é omnipresente às instituições do concelho, para aquelas que forem as suas necessidades.”

Pin It on Pinterest