Governo homenageia impulsionador da Casa-Museu Frederico de Freitas

O Governo Regional homenageou, na tarde de ontem, o impulsionador e primeiro diretor da Casa-Museu Frederico de Freitas, Paulo de Freitas, no momento em que se oficializou a reabertura daquele espaço museológico do Funchal, depois das obras de beneficiação que estiveram a decorrer a cargo da PATRIRAM.

Na ocasião foi descerrada uma placa em nome de Paulo de Freitas, junto à porta principal da “Casa da Calçada”. Francisco Clode de Sousa, diretor de Serviços de Museus e Património Cultural, enalteceu a dedicação de Paulo de Freitas em manter o legado de seu tio, Frederico de Freitas, e consequentemente na criação da Casa-Museu, com as várias coleções que ali são mostradas e que revelam uma era específica da história da Madeira.

Esta homenagem marcou também a reabertura da Casa-Museu Frederico de Freitas e inauguração da exposição temporária “Natal na Casa da Calçada”, através da qual, até 13 de janeiro, é criado um percurso, que dá especial destaque ao acervo ligado à quadra Natalícia.

Trata-se de uma mostra sobretudo de presépios e de mesas de Natal que pretende remeter os visitantes para o tempo do Dr. Frederico de Freitas em que a Casa da Calçada se apresentava particularmente atrativa. Os presépios saiam dos armários e exibiam-se por entre verduras e enfeites. As mesas de jantar e do chá eram adornadas com as melhores loiças, cristais e bordados.

São essas memórias que a Casa-Museu Frederico de Freitas pretende preservar oferecendo aos seus visitantes um percurso que valoriza o acervo ligado ao Natal, revelando variados presépios, de origem regional e nacional, datados dos séculos XVIII, XIX e XX, imagens do Menino Jesus entronizado em escadinhas, as caixas de presépio e o grande presépio de rochinha.

Pin It on Pinterest