163 novas espécies descobertas na região do Mekong

Uma serpente com cores do arco-íris na cabeça ou uma lagartixa com cornos parecida com um dragão são duas das 163 novas espécies descobertas em 2015 na região do Mekong, informou hoje o Fundo Mundial para a Natureza.

As novas espécies descritas pela primeira vez pelos cientistas incluem nove anfíbios, 11 peixes, 14 répteis, 126 plantas e três mamíferos encontrados em zonas remotas desta região que se estende pela China, Birmânia, Laos, Tailândia, Camboja e Vietname, segundo o Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês).

O Grande Mekong, que segue o curso do rio com o mesmo nome desde o planalto tibetano através do sudeste da Ásia, é uma das regiões de maior biodiversidade do mundo, mas também uma das mais ameaçadas por vários projetos de desenvolvimento e caça furtiva.

Em comunicado, o WWF alertou que a zona se encontra sob “uma pressão sem precedentes” de desenvolvimento, o que ameaça a sobrevivência dos espaços naturais que a tornam única.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger