O “adeus” a George Michael no Dia de Natal

A morte do cantor George Michael, aos 53 anos de idade, apanhou os fãs desprevenidos, deixando-os em choque. O anúncio da morte foi feito pelo seu agente. Não foram fornecidas informações sobre as circunstâncias da sua morte. Segundo a BBC, os serviços de emergência foram a sua casa e a polícia não encontrou nada de suspeito no local.

Em comunicado, o seu agente disse que é “com grande tristeza que podemos confirmar que o nosso filho, irmão e amigo morreu em paz em sua casa, durante o Natal”.”A família pede que a sua privacidade seja respeitada”, acrescentou, dizendo ainda que não será feito para já mais nenhum comentário. Recorde-se que em 2011, George Michael sobreviveu a uma grave pneumonia.

George Michael nasceu Georgios Kyriacos Panayiotou em Londres. Durante a sua carreira, que iniciou nos anos 80 com os Wham, vendeu mais de 100 milhões de discos. Com os Wham é o intérprete de canções como “Careless Whisper”, “Wake me up before you go-go” e “Freedom.

A solo, George Michael editou seis álbuns, o último dos quais “Symphonica”, em 2014, e que é um registo ao vivo.

Vencedor de dois prémios Grammy, George Michael fica ainda conhecido pelos temas “I want you sex”, retirado do premiado álbum de estreia “Faith”, “Jesus to a child” e “Freeek!”.

Uma das músicas mais famosas de George Michael, e certamente a mais tocada no Natal, é “Last Christmas”. A ironia do destino ditou que George Michael morresse no Dia de Natal.

O ano de 2017 fica marcado pela morte de grandes cantores como David Bowie, Prince, Leonard Cohen e George Michael.

Pin It on Pinterest