Biblioteca Municipal do Funchal recebe trabalhos artísticos da Penha d’Águia

A Biblioteca Municipal do Funchal terá, dentro em breve, disponíveis ao público cerca de 40 trabalhos artísticos que tiveram origem no Concurso de Intervenção Artística da Penha d’Águia, que conduziu à mudança de imagem do reconhecido grupo madeirense. Recorde-se que o concurso foi uma iniciativa coorganizada pelo Grupo Penha d’Águia, em parceria com a Câmara Municipal do Funchal e a Universidade da Madeira, e que a mostra resultante esteve patente ao público no átrio dos Paços do Concelho, entre 27 de junho a 5 de agosto, registando mais de 2100 visitantes.

A marca optou agora por doar esta parte do seu espólio documental à Biblioteca e ao Arquivo Municipal do Funchal, nomeadamente no que concerne aos materiais gráficos impressos (cartazes e imagens de projetos) realizados no âmbito do dito Concurso de Intervenção Artística, preconizado pelo grupo e agora disponível para consulta ao público.

A documentação doada tem por principal objetivo a disponibilização de novos conteúdos visuais, para memória futura, e a sua conservação e valorização, enquanto forma de estudo e divulgação de iniciativas culturais e de jovens artistas, em especial madeirenses. Refira-se, ainda, que o Júri do Concurso, formado por representantes das instituições parceiras, atribuiu por unanimidade o Prémio Aquisição à artista plástica Analice Campos, ex-aluna da Universidade do Porto e da Universidade do Minho, e uma Menção Honrosa ao madeirense  Luís Freitas, estudante da Universidade da Madeira, que frequenta atualmente a Licenciatura de Arte e Multimédia. A iniciativa, que teve a curadoria do artista plástico Diogo Goes, contou com um total de 10 jovens artistas participantes.

Esta doação de trabalhos artísticos vem reforçar as sinergias e mecanismos de cooperação entre o Grupo Penha d’Águia e a Câmara Municipal do Funchal, que têm sido uma constante nos últimos anos.

Pin It on Pinterest