Renault suspeita de fraude nas emissões de gases

As autoridades francesas abriram uma investigação ao grupo Renault por suspeita de fraude nas emissões de gases poluentes dos veículos, revelou hoje a agência Reuters.

A Renault já reconheceu a abertura da investigação, mas salienta que nenhum dos seus carros tem um software semelhante ao que foi encontrado nos Volkswagen, em 2015.

“A Renault respeita todas as leis no que concerne à emissões e os seus veículos não têm software para cometer fraude nesta área”, disse um porta-voz da companhia.

Ontem, a Agência Ambiental dos EUA (EPA) acusou o grupo Fiat-Chrysler de fraudes nas emissões.

Esta semana, a Volkswagen chegou a acordo com os EUA para pagar quatro mil milhões de euros de forma a encerrar o caso de fraude de emissões naquele país.

Pin It on Pinterest