Funchal hasteou bandeiras de excelência na Política Social, Ambiente e Mobilidade

O Presidente da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, discursou ontem à margem da cerimónia oficial do hastear de três bandeiras que a Autarquia recebeu no ano passado, a saber:
– Autarquia Mais Familiarmente Responsável, entregue pela Associação Portuguesa das Famílias Numerosas;
– Galardão Eco XXI, entregue pela Associação Bandeira Azul da Europa;
– Cidade de Excelência, entregue pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade.

O Presidente fez questão de explicar cada um deles, começando por dizer que o Funchal foi novamente distinguido com a bandeira verde de ‘Autarquia + Familiarmente Responsável’, entregue pelo respetivo Observatório da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas.

Em 2016, foram 58 as autarquias reconhecidas, ainda que apenas 37 recebam a bandeira de excelência, com palma, que diferencia os municípios que recebem este prémio há três ou mais anos consecutivos, como é o caso do Funchal.

Paulo Cafôfo referiu que esta “é mais uma distinção que sublinha o excelente trabalho que o Funchal tem feito em prol das suas famílias, quer a nível de programas sociais, quer a nível de desagravamento fiscal, nomeadamente com a aplicação do IMI Familiar”, destacando, em especial, “o programa de Apoio à Natalidade e à Família e as suas medidas concretas que vieram fazer face às variadas despesas dos dependentes, desde escolares, de alimentação e saúde.”

No campo ambiental, e pelo segundo ano consecutivo, a Câmara Municipal do Funchal foi galardoada com a Bandeira Verde ECOXXI. Este programa é promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa e visa premiar as autarquias com boas práticas ambientais, num galardão que “tem por base a monitorização de valores relacionados com a educação ambiental e a sustentabilidade, a qualidade do ar e da água, o ordenamento do território, o ruído, a gestão dos resíduos, a eficiência energética, a limpeza e os espaços públicos, entre outros, que fazem do Funchal uma cidade exemplar”, reiterou o Presidente. O resultado de 2016 (66%) melhora a posição da CMF face ao ano anterior (63,9%).

A Câmara Municipal do Funchal recebeu, por fim, em estreia, um Certificado de Acessibilidade, atribuído pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), no âmbito dos “Itinerários Turísticos Acessíveis de Portugal”. Ao certificado “juntou-se a manutenção da Bandeira da Rede de Cidades e Vilas de Excelência  e a inclusão do Funchal num projeto piloto a nível nacional, liderado pelo Turismo de Portugal, que criou um itinerário acessível da cidade no site VisitPortugal. A escolha do Funchal para ter um roteiro acessível no portal VisitPortugal centrou-se no reconhecimento do trabalho e planeamento realizado pela Autarquia no que respeita às condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida”, finalizou Paulo Cafôfo.

Pin It on Pinterest