Aberto segundo concurso público para preservação de património público devoluto

O Projeto Revive, cujo objetivo é promover os processos de rentabilização e preservação de património público devoluto, abriu o segundo concurso público no passado dia 22 de fevereiro.

Segundo o Diário da República, o concurso visa dar publicidade internacional à concessão do direito de exploração dos edifícios dos pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, para instalação de uma unidade hoteleira. Os interessados dispõem agora de 120 dias para apresentar as suas propostas.

Os Pavilhões do Parque D. Carlos I são um dos 30 imóveis inscritos no Revive, uma iniciativa conjunta dos Ministérios das Finanças, Cultura e Economia, com a colaboração das autarquias locais.

O Programa visa tornar o património público devoluto apto para desenvolver uma atividade económica com finalidade turística, que gere riqueza e postos de trabalho, reforçando a atratividade de destinos regionais, a desconcentração da procura, e o desenvolvimento de várias regiões do País.

O primeiro concurso neste âmbito data de 29 de julho, tendo sido referente ao Convento de São Paulo, em Elvas.

Mais detalhes sobre o concurso podem ser consultados em: https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/106499637/details/maximized?at=c&serie=II&parte_filter=41&dreId=106491844

Pin It on Pinterest