Arqueólogos descobrem estátua de Ramsés II

Arqueólogos encontraram o que acreditam ser uma estátua de oito metros do faraó Ramsés II, que governou o Egipto há mais de 3000 anos. O achado foi feito por alemães e egípcios numa zona pobre do Cairo, debaixo de água.

Khaled al-Anani, o ministro das Antiguidades, já classificou a descoberta como uma das mais importantes de sempre. A estátua foi encontrada perto das ruínas do templo de Ramsés II, na antiga cidade de Heliópolis, localizada na parte este do Cairo.

O faraó, também conhecido por Ozymandias ou «Ramsés O Grande», governou durante 66 anos, de 1278 AC até 1213 AC. Foi o terceiro faraó da 19.ª dinastia.

“Encontrámos o busto da estátua e parte de baixo da cabeça. Ao remover a cabeça encontrámos a coroa e a orelha direita, juntamente com um pedaço do olho direito”, acrescentou al-Anani.

A descoberta pode potenciar a indústria do turismo no Egipto, que tem sofrido uma queda depois da instabilidade política que levou à queda do presidente Hosni Mubarak, em 2011. Mesmo assim, o sector continua a ser uma importante fonte de receita para a economia do país.

Pin It on Pinterest