BPI é o Banco de confiança dos portugueses pelo 4.º ano consecutivo

O BPI foi eleito, pelo 4.º ano consecutivo, a marca bancária de maior confiança em Portugal na Edição de 2017 do estudo “Marcas de Confiança”, uma iniciativa das Selecções do Reader’s Digest que elege anualmente as Marcas de Confiança dos portugueses em 65 categorias de produtos e serviços.

Na 17.ª Edição do estudo, o BPI volta a destacar-se subindo nos três atributos avaliados este ano face ao ano anterior, nomeadamente na qualidade do serviço, relação custo-benefício e percepção das necessidades do Cliente. Dos 37% que votaram BPI, 74% são Clientes do Banco e esse é o reconhecimento de um serviço que é continuamente melhorado e que pretende acima de tudo garantir a satisfação do Cliente e ir ao encontro das suas necessidades.

“Esta distinção é fruto da dedicação do Banco aos seus Clientes e o reflexo do serviço de qualidade que lhes prestamos. Agradecemos, uma vez mais, este voto de confiança aos nossos Clientes e Colaboradores, os responsáveis por fazerem do BPI uma marca de confiança”, realça Fernando Ulrich, Presidente da Comissão Executiva do BPI.

Criado em 2001, o estudo “Marcas de Confiança” tem como objectivo medir o grau de confiança que os consumidores depositam nas marcas, uma avaliação que permite às empresas perceberem a forma como os Clientes percepcionam os seus negócios e, em simultâneo, aferir o seu índice de fidelidade.

O estudo foi realizado entre 15 de Setembro e 30 de Novembro de 2016, a partir de um inquérito de pergunta aberta aos leitores das Selecções Reader’s Digest, numa amostra de 15.000 leitores. A taxa de resposta foi de 8% e a margem de erro de 2,9%.

Pin It on Pinterest