Detido em flagrante delito por uso de documento falsificado

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no aeroporto de Faro, procedeu à detenção de um cidadão estrangeiro pela prática do crime de uso de documento falsificado.

O SEF deteve em flagrante delito, pela prática do crime de uso de documento falsificado, um cidadão estrangeiro de 28 anos de idade, quando pretendia viajar com destino a Dublin, na Irlanda, com documento de identidade da República da Roménia falsificado.

O detido, que está documentado, foi conduzido ao Tribunal Judicial da Comarca de Faro, para aplicação de eventuais medidas de coação.

Pin It on Pinterest